Início

  Conheça o SEC

  História

  Imagens

  Notícias

  Convênios

  Sindicalize-se

  Atividades e Eventos

  Contato

 

 

 

  Convenções Coletivas

  Salário Normativo

  Quebra de Caixa

  Desconto do INSS Atualiz

  Salário Família Atualizado

  Seguro Desemprego Atual


 


  Documentos para
    Homologação

  Manual do Comerciário

  Cartilha LER/DORT

  Campanhas

  Horário do Comércio

  Links

  Indique nosso Site

.

 

                                               Jaraguá do Sul/SC,

  

  NOTÍCIAS

 


Código Sindical da Entidade para homologação e pagamentos de guias

565.164.01057-9

 

>> Acordo Coletivo para abertura da lojas do Shopping Center Breithaupt aos DOMINGOS e FERIADOS - 2014

 

LEIA O BOLETIM DO SINDICATO


Sindicatos distribuem aos associados
material escolar do ano letivo de 2014

O ano letivo está quase começando e trabalhadores associados aos Sindicatos dos Empregados no Comércio, dos Trabalhadores da Construção e do Mobiliário, de Alimentação e dos Químicos, Plásticos, da Borracha e do Papelão de Jaraguá do Sul e Região podem retirar o material escolar na sede das entidades, gratuitamente. O material escolar é destinado aos trabalhadores e seus filhos com idade até 14 anos. Quem quiser se associar recebe na hora o material escolar. A presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio, Ana Maria Roeder lembra que o Sindicato também está entregando a toda a categoria o Manual de Direitos dos Trabalhadores no Comércio e Serviços, em sua quarta edição, revisada e ampliada.


Associado Joel Aparecido dos Reis recebe da Presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio, Ana Roeder, os kits com o material escolar

Ana Roeder explica que a distribuição do material escolar, todos os anos, faz parte do projeto de contribuir com a educação dos associados e dependentes. O investimento do Sindicato na compra do material foi de R$ 36 mil. Foram adquiridos mil kits com cadernos para o ensino fundamental e mais 1.200 kits com cadernos universitários, segundo informa o diretor-tesoureiro Édio Geovani Gneipel, que conclama todos os associados a passarem no Sindicato e levarem o kit com material escolar. “Quem ainda não pegou o material deve se adiantar, porque em breve terá início o ano letivo 2014”, avisa o diretor.

O comerciário Joel Aparecido dos Reis usa o material doado pelo Sindicato, há seis anos. “Nunca falha. Todos os anos eu pego o material para os meus três filhos: Ândreas, de 7 anos, Alane, de 17, e Alefi, de 18 anos”, comenta o comerciário. De acordo com Joel Aparecido, o Sindicato oferece toda a assistência que o associado necessita. "Sempre gostei de ser filiado, não apenas pelo material escolar mas pelos demais benefícios oferecidos e orientações dadas pelo Sindicato", elogia Joel.

Demais Sindicatos
O Sindicato dos Trabalhadores da Construção e do Mobiliário (Siticom) começou a distribuir o material escolar aos associados no primeiro dia de trabalho de 2014, em 14 de janeiro. Para receber o kit, o trabalhador deve apresentar a carteira de associado e comprovante de residência. Já o Sindicato dos Trabalhadores de Alimentação (Stiajs) iniciou a entrega no dia 13 de janeiro, na sede, enquanto os associados ao Sindicato dos Trabalhadores Químicos, Plásticos da Borracha e do Papelão (Sintiquip) estão recebendo o material escolar desde o dia 15 de janeiro. 

DEZEMBRO - 2013

O ano termina, mas a luta continua

Este é o último Informativo Mensageiro Sindical do ano de 2013. Desejamos a todos os comerciários e comerciárias um excelente final de ano, mas também queremos resgatar a presença e a participação do Sindicato em todos os momentos de luta no transcorrer de 2013. Estivemos ao lado dos trabalhadores na luta por melhores condições de salário, ambiente de trabalho e em qualquer tipo de violação dos direitos dos trabalhadores. O ano acaba, mas a luta continua.


O Sindicato esteve presente no movimento que impediu a votação do PL 4330, da terceirização, junto com a Constracs e a CUT (Central Única dos Trabalhadores). Junto com a Fecesc (Federação dos Trabalhadores no Comércio de Santa Catarina), lutou pelo reajuste dos valores do Piso Estadual de Salário. Participou de plenárias, de Congressos e de uma série de atividades de promoção e valorização do movimento sindical e dos comerciários e comerciárias.


Além da participação em eventos e cursos, também obteve vitória na Convenção Coletiva de Trabalho, conquistando aumento real de salários e avanços nas cláusulas sociais. Ampliou o número de sindicalizações apesar da alta rotatividade no setor e ampliou a Sede Campestre, oferecendo espaço de lazer de qualidade aos comerciários e comerciárias e seus familiares.


Entre os eventos de destaque promovidos pelo Sindicato, na Sede Campestre, vale salientar a festa em homenagem ao Dia do Trabalhador, realizada em 5 de maio com participação maciça da categoria, que aproveitou o dia com muita comida boa, diversão e alegria. Em agosto teve Baile, com entrada franca e duas bandas. Tudo isso com a intenção honesta de oferecer ao Trabalhador do Comércio o melhor, sempre lembrando aos comerciários que o trabalho existe como forma de vida, não de morte.
Trabalhar sim, adoecer não!

..


Baile dos Comerciários Agosto/2013

FOTOS (Slideshow)

 

FOTOS (para download)

..

 

 


BOLETIM FEV-MAR 2014

 


 

Março/2014

Vamos lutar
contra a exploração

Começamos o ano novo com os mesmos problemas de sempre: patrões que se negam a pagar as horas extras dos funcionários e, como se não bastasse, ainda se acham no direito de intimidar quem reclama, com ameaças verbais e outros tipos de assédio moral. Queremos salientar que o Sindicato vai até o fim na busca pela Justiça para os comerciários. Não temos medo de cara feia e vamos lutar pela manutenção e resgate dos direitos violados.
O resultado da violação de direitos não é bom para ninguém.
O trabalhador sai prejudicado e o patrão acaba pagando o que deve, na Justiça. A melhor forma de garantir bom relacionamento profissional é que cada um faça a sua parte: o trabalhador cumpre o que foi combinado no Contrato de Trabalho e o patrão faz o mesmo, paga o que deve sem tentar enganar o trabalhador. Todos os anos somos obrigados a recorrer à Justiça para garantir os direitos, especialmente no que diz respeito às horas extras feitas no período natalino, quando os comerciários e comerciárias trabalham muitas horas além do normal. Quem trabalha tem direito a receber. Escravidão não existe e a explora-ção abusiva é prática que deve ser combatida por toda a sociedade.

Ana Roeder
Presidente do Sindicato


 

 

Sindicato dos Empregados no Comércio de Jaraguá do Sul  e Região
Rua Frederico Bartel, 140 - Centro - 89251-800 - Jaraguá do Sul - SC

                                                           <   Desenvolvido por INFORMA Editora Jornalística   >